Política de Cookies
Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, registo e recolha de dados estatísticos.
Ao prosseguir a navegação com cookies ativos está a consentir a sua utilização.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo Banco Português de Fomento.Saiba mais
Compreendi

Sound Particles levanta €2,5M em ronda de investimento com a participação do BPF, através do Fundo 200M

Notícia . 2022-06-01
A Sound Particles é o mais recente investimento do Banco Português de Fomento, através do Fundo de Coinvestimento 200M, numa ronda de 2,5 milhões de euros em parceria com a Indico Capital Partners e a Iberis Capital.

Fundada em Leiria, em 2016, a Sound Particles tem vindo a mudar o paradigma do software áudio, ao adaptar princípios de computação gráfica ao som, possibilitando assim a criação de ambientes sonoros mais complexos, além de acelerar significativamente o ritmo de trabalho dos engenheiros de som.

A empresa portuguesa está por detrás do Óscar de Melhor Som atribuído ao filme Dune e o software Sound Particles é hoje utilizado nos maiores estúdios de Hollywood e em inúmeras produções cinematográficas célebres, tais como Game of Thrones, Star Wars, Frozen e em vídeo jogos como o Fortnite, entre outros.

Para Beatriz Freittas, CEO do Banco Português de Fomento, a entidade gestora do Fundo 200M, "a Sound Particles e a equipa liderada por Nuno Fonseca, representam o talento e o dinamismo que existe no ecossistema empreendedor português. É, por isso, com grande entusiasmo que o Fundo 200M apoia este projeto, que está a revolucionar o software áudio e a ganhar destaque internacional, num mercado tão competitivo como o da produção cinematográfica. Com este investimento, o BPF dá mais um contributo importante de apoio e reforço da competitividade das startups portuguesas.

De salientar que o Banco Português de Fomento apoia a Sound Particles diretamente nesta ronda de investimento, através do Fundo de Coinvestimento 200M e, indiretamente, por via do programa Portugal Tech, através do qual foi subscrito o fundo de capital de risco gerido pela Indico, que também investe na empresa.

"Em 2019, a Sound Particles recebeu o seu primeiro investimento de €400 mil Euros e, mais tarde, recebeu mais €1.25 milhões do SME Instrument da União Europeia. Esta ronda de €2.5 milhões, irá possibilitar a introdução de novos desenvolvimentos tecnológicos, consolidar a sua presença no mercado internacional através da abertura de um escritório em Los Angeles e promover o crescimento orgânico da empresa,” explica Nuno Fonseca, fundador e CEO da Sound Particles.

Com este investimento, a startup pretende lançar uma tecnologia de áudio 3D para headphones, consolidando a sua presença nos mercados europeu e norte-americano, no espaço de gaming e realidade virtual, e aumentar a gama de produtos na área de produção musical. 

Saiba mais sobre o Fundo 200M e o Portugal Tech.