Política de Cookies
Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, registo e recolha de dados estatísticos.
Ao prosseguir a navegação com cookies ativos está a consentir a sua utilização.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo Banco Português de Fomento.Saiba mais
Compreendi

Sessão de Apresentação Portugal Tech II

Notícia . 2021-11-02
BPF: Portugal Tech II

Foi hoje anunciado na Web Summit, pelo Ministro da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, e pelo Vice-Presidente do Banco Europeu de Investimento (BEI), Ricardo Mourinho Félix, o lançamento do Portugal Tech II, um novo programa que volta a unir o Fundo Europeu de Investimento (FEI) e o Banco Português de Fomento, com o  objetivo de apoiar o desenvolvimento da indústria de capital de risco em Portugal.

Dando continuidade às parcerias de capitalização estabelecidas entre o FEI e o BPF nos últimos três anos, que incluem os programas Portugal Tech I, Portugal Growth e Portugal Blue, o Portugal Tech II terá uma  dotação nacional de 50 milhões de euros, aos quais acrescem mais  50 milhões de euros de recursos europeus.

Lançado em 2018, o Portugal Tech I foi um sucesso reconhecido pela sua capacidade de mobilizar capital privado e de gerar cerca de cinco euros de investimentos para cada euro de financiamento nacional. 

Através de alguns dos mais proeminentes gestores de capital de risco em Portugal - Indico Capital Partners, Armilar Venture Partners e Faber Capital -, o Portugal Tech I ajudou a financiar 22 empresas de base tecnológica com ADN português, tais como a Bizay, Sword Health, Tonic App, iLof, Unbabel, Infraspeak, Casafari, Anchorage, Student Finance, Barkyn, Findster, Codacy, Raws, YData e Eattasty.

O Portugal Tech II irá selecionar fundos de capital de risco geridos por equipas privadas portuguesas com track-record relevante nos segmentos de venture capital, transferência de tecnologia e aceleração, que demonstrem ser capazes de levantar capital junto de investidores privados e institucionais.

Visa mobilizar 250 milhões de euros de investimentos em capital de risco para apoiar projetos de transferência de tecnologia de universidades para o mercado, e também start-ups de base tecnológica e elevado potencial em áreas como a inteligência artificial, machine learning, fintech, health tech e cibersegurança.

Saiba mais sobre o Portugal Tech II