Política de Cookies
Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, registo e recolha de dados estatísticos.
Ao prosseguir a navegação com cookies ativos está a consentir a sua utilização.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo Banco Português de Fomento.Saiba mais
Compreendi

BPF mobilizou mais de €7,4 mil milhões na economia nacional em 2020

Notícia . 2021-05-30
Banco Português de Fomento

O Banco Português de Fomento (BPF) - e as instituições que lhe deram origem - canalizou cerca de €7.402 milhões para a economia nacional em 2020.

Mobilizou, através do Sistema de Garantia Mútua, €7.245 milhões em garantias que permitiram apoiar €8,9 mil milhões de financiamento. Este financiamento beneficiou mais de 61 mil empresas, que asseguram emprego a cerca de 769 mil trabalhadores  e que fizeram investimentos na ordem dos €9,2 milhões na economia portuguesa.

A 31 de dezembro do ano passado, mais de 89 mil empresas portuguesas eram apoiadas pela Garantia Mútua, estando em vigor operações de garantia no valor de €9,97 mil milhões, correspondentes a cerca de €13,6 mil milhões de financiamento.

No que diz respeito aos instrumentos de capital, o BPF fechou 2020 com sete produtos ativos nesta área, tendo investido em 99 empresas que se estima que assegurem, pelo menos, 2500 postos de trabalho. Ao longo do ano, foram aprovadas 159 operações de capitalização em empresas, que correspondem a um investimento superior a €147 milhões, dos quais o BPF alocou €56,6 milhões.

Já na tipologia de instrumentos de dívida, o Banco Português de Fomento tinha assegurado junto do Banco Europeu de Investimento e do Banco de Desenvolvimento do Conselho da Europa um montante global de financiamento de €990 milhões - dos quais 100 milhões foram já desembolsados a intermediários financeiros - que se estima possam vir a ter um impacto ao nível do financiamento para PME e Mid Caps de cerca de €2 mil milhões.

No final de 2020, o BPF tinha 10 fundos sob gestão, num montante global de €3.811 milhões, correspondente a €2.010 milhões de capital realizado e €1.801 milhões relativos ao valor das garantias de 3.º Grau contratualizadas no Fundo de Contragarantia Mútuo (FCGM).

Já em 2021, tendo em vista a sua missão de apoiar o desenvolvimento económico e social de Portugal, potenciando a capacidade empreendedora, o investimento e a criação de emprego, o BPF abriu as candidaturas a quatro novas linhas de apoio à Economia COVID-19, num montante global de €1.500 milhões e com a finalidade de apoiar três sectores fortemente afetados pela pandemia – o da Indústria, o do Turismo e o dos Eventos. 

Também em 2021, o BPF implementou a possibilidade de prorrogação, em até 9 meses, do período de carência de capital nas operações de crédito com garantia pública.  Esta medida foi extensível a todas as linhas de crédito com garantia e abrange um universo de cerca de 71 mil operações de garantia, para um montante total de financiamento apoiado de cerca de €9 mil milhões.