Política de Cookies
Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, registo e recolha de dados estatísticos.
Ao prosseguir a navegação com cookies ativos está a consentir a sua utilização.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo Banco Português de Fomento.Saiba mais
Compreendi
Portugal Tech BPF

Portugal Tech I

Dotação Global (Capitais Públicos Nacionais e Europeus)
Até €100.000.000

Finalidade

Até €100.000.000 para subscrição de Fundos de Capital de Risco (FCR) focados em investimentos de transferência de tecnologia, venture capital e capital expansão (early-stage).

Beneficiários

Startups, PME e Midcaps.

Como solicitar

Ao nível dos fundos de capital de risco

Contactar diretamente o BPF/FEI.

Ao nível das empresas

Contactar as sociedades gestoras dos fundos que foram selecionadas.
Até à data foram selecionadas as seguintes entidades:
- Armilar Venture Partners (www.armilar.com)
- Indico Capital Partners (https://www.indicocapital.com/)
- Faber Ventures (www.faber-ventures.com)
- Vallis Capital Partners (https://www.vallis.pt/).

Principais Características

Período de investimentoGeralmente, os fundos investem durante os primeiros 5 anos de um ciclo de 10 anos de atividade (indicativamente: 2019-2024).
Tipologia de operaçõesPrincipalmente instrumentos de capital e quase-capital.
Âmbito geográficoAo nível dos fundos diretos:
Fundos geridos por equipas baseadas preferencialmente em Portugal ou na União Europeia.

Ao nível das empresas:
Preferencialmente investimentos em Portugal.
Condições aplicáveis aos Beneficiários Finais
  • Ser uma PME, uma Midcap ou um projeto de transferência de tecnologia;

  • No caso de PME ou Midcap, deve estar estabelecida ou a operar em Portugal;

  • No caso de projeto de transferência de tecnologia, deve basear-se na propriedade intelectual originária ou desenvolvida em investigação ou instituição académica, incubadora ou acelerador estabelecidos ou em funcionamento em Portugal;

  • Não poderá ser considerada uma empresa em dificuldade e, tal como definido na comunicação da CE "Orientações relativas aos auxílios estatais para a recuperação e reestruturação de empresas não financeiras em dificuldade" n.º 2014/C 249/01.

  • No momento do primeiro investimento pelo FEI, a empresa não poderá atuar em nenhum dos sectores económicos referidos como "Setores Restritos do FEI" nas Orientações relativas aos sectores restritos do FEI.
Investidores Privados/ Intermediários FinanceirosFundos de Capital de Risco, regulados pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) ou outra entidade de supervisão europeia equivalente, com teses de investimento focadas em investimentos de transferência de tecnologia, venture capital e capital expansão (early-stage).
Financiamento por Investidor Privado / Intermediário Financeiro
  • Comparticipação por fundo direto: 4M€ a 20M€.

  • Comparticipação privada: no mínimo 30% do capital total subscrito nos fundos diretos.
Comparticipação máxima FoF70%
FinanciadoresIAPMEI, I.P. - Agência para a Competitividade e Inovação
Fundos Envolvidos
  • Comparticipação pública nacional: 50M€, via Fundo de Capital & Quase-Capital (FC&QC), financiado pelo IAPMEI, I.P. - Agência para a Competitividade e Inovação, e sob gestão do Banco Português de Fomento.

  • Comparticipação Fundo Europeu de Investimento: 50M€
Entidade GestoraO Portugal Tech I é gerido operacionalmente pelo Fundo Europeu de Investimento (FEI), de acordo com um mandato de gestão atribuído pelo Banco Português de Fomento (BPF) ao abrigo do acordo-quadro com os bancos promocionais europeus.
A presente informação tem natureza publicitária e não dispensa a consulta de informação pré-contratual, contratual e protocolar, legalmente exigida, não constituindo uma proposta contratual.

Contratação sujeita a aprovação prévia das entidades envolvidas e às condições definidas em função do perfil de risco para cada operação.